Pular para o conteúdo

Como não criar sem propósito faz parte de criar com propósito (ou como criar sem pressão ajuda na criatividade)

maio 29, 2017

15

Moro com pessoas que são artistas multidisciplinares: desenham, tiram foto, escrevem e decoram. Tudo junto e misturado! MAS como temos que pagar as contas da nossa casa, temos um trampo que acaba demandando muito tempo do nosso dia (oito horas ou mais de labuta) e meio que acabamos não tendo tempo para sermos criativos apenas por diversão. Nos sentindo frustrados, resolvemos mudar essa dinâmica dentro de casa. Decidimos, então, que pelo menos uma vez por semana deveríamos nos juntar para criar sem ficar pensando muito no resultado.

Então, às terças feiras, na nossa casa, acontece o Cosmic Lab, encontro que convidamos os nossos amigos para virem em casa tomar uns drinks, ouvir música e, o mais importante, desenhar livremente. No evento, não exigimos nada de ninguém, a regra é criar sem pressão. A maioria das pessoas que convidamos para fazer parte do Cosmic são amigos que também não tinham tempo para criar ou não se sentiam motivados para isso. O mais legal é que alguns deles não desenham profissionalmente, estão ali apenas para se divertir.

O que aprendi com o Cosmic é que quando você se desprende da excelência e perfeccionismo o que resta é apenas o prazer de fazer. Pra mim, transformar um passatempo em profissão fez com que eu levasse a ilustração muito a sério e tirasse toda a diversão de rabiscar. Quando trabalhamos muito sem pensar, apenas porque temos prazos a serem cumpridos, acabamos engatando nossa criação no piloto automático. Ficamos na zona de conforto e não fazemos experimentações com o argumento de que não temos tempo ou energia pra isso.

Nas três ou quatro horas que tenho nesses encontros, aproveito para desenhar de jeitos que nunca desenhei antes ou rabisco coisas sem sentido. Sei que sempre queremos ter controle de tudo, mas permitir que nosso desenho saia por meio da nossa intuição e inconsciência tem a mesma importância que uma criação muito bem pensada. Atividades em que você não tem pressão de resultados se tornam muito mais divertidas e podem se transformar em insights – ou se transformar em coisa nenhuma mesmo. O importante é que essas atividades sejam algo leve e que deixem nossa criatividade percorrer pelo nosso corpo (e principalmente pelas mãos) como quiserem.

Tente fazer essa experiência sozinhx ou com seus amigos e me conta como foi 🙂

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. junho 3, 2017 12:27 pm

    Adorei a ideia! Estava fazendo algo parecido com uns amigos via hangout. Mas acho que o encontro ao vivo deve ser mais bacana.

    • Renata Miwa permalink*
      junho 5, 2017 1:19 pm

      Que demais 😀
      Hang out ou ao vivo, o importante é criar 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: