Pular para o conteúdo

Como eu achava chato quando alguém me pedia para ilustrar algo que não tem nada a ver com o meu traço (ou como aprendi a ser gentil quando alguém me pede para ilustrar algo que não faço)

janeiro 9, 2017

8

Eu tenho um portfólio online, um instagram, um tumblr e uma página no facebook. Em todos esses canais você consegue ver meu trabalho, o meu traço e o meu acabamento. Eu não faço ilustração vetorial, nem realista ou pintura digital, e mesmo assim recebo e-mails pedindo ilustrações que não tem nada a ver com  meu trabalho.

No começo eu achava um saco e ficava meio “como assim a pessoa não entrou no meu portfólio antes?” – coisa que de fato muita gente não faz. A maioria das pessoas acham que ser ilustrador significa fazer todo tipo de ilustração com todo tipo de acabamento ou traço. Só que não é bem assim que as coisas funcionam.

Existem dois tipos de ilustradores no mercado: aquele que criou uma linguagem própria e o que consegue ilustrar em vários tipos de estilos. Eu, por exemplo, tenho meu próprio jeito de desenhar e, por isso, não me encaixo em todo tipo de trabalho.

Com o tempo percebi que essas ofertas de jobs rolam muito porque as pessoas não sabem essa diferença mas ilustração é como qualquer outra profissão. Por exemplo, nem sempre um professor de matemática vai saber te dar uma aula de literatura. Na ilustração, um ilustrador vetorial, às vezes, não vai saber fazer uma ilustração realista.

Escrevendo assim parece bem óbvio, mas na cabeça das pessoas não é tão claro e, por isso, tento não ficar mais brava quando recebo um pedido desse. O que faço é responder explicando porque eu não faço esse tipo de trabalho e que tipo de trabalho eu faço. No fim de cada mensagem, sempre acabo indicando amigos que se adequam melhor ao projeto. Desse jeito, acho que consigo fazer as pessoas entenderem melhor minha profissão.

Em vez de ficar impaciente, decidi que meu dever como ilustradora, em uma situação dessa, era tirar um pouquinho do meu tempo para explicar esse tipo de dúvida. Acho que é importante até pro nosso mercado entender que, assim como qualquer outra profissão, temos especialistas em cada tipo de trampo. No mais, por meio desses pedidos, aproveito e indico os amigos ilustradores. Todo mundo fica feliz – e mais bem informado 🙂

 

Anúncios
One Comment leave one →
  1. janeiro 9, 2017 3:39 pm

    Achei que era coisa da minha cabeça isso e que o certo é que teríamos que saber desenhar de tudo! Estou no começo mas tenho um traço meu, e não consigo fazer todo o tipo de ilustração e cheguei a achar que não era boa o bastante. Boa explicação!!! 😀 clareou as ideias aqui!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: